• Arq. Marlene Reis

O Futuro dos Escritórios

De acordo com matéria publicada no jornal Estadão, em 24/05/2020, no mundo pós-COVID serão necessárias mudanças nos projetos, revisão de parâmetros de espaço e convivência entre as pessoas no trabalho. As soluções de trabalho remoto, via home-office, virou prática que tende a permanecer. Agora recomenda-se que as empresas adaptem-se a parâmetros de saúde mais rigorosos, com maior distanciamento entre pessoas, em evidente tendência a se evitar aglomerações. Cada qual do seu jeito, com vistas ao bem estar e saúde. Mais trabalho para a área de RH e gestão de pessoas. Maior desafio para os arquitetos em seus layouts e uma oportunidade de se repensar as relações humanas.

"As mesas personalizadas, com porta-retrato, bonecos e plantinhas, estão com os dias contados. No escritório do futuro, no pós-pandemia, não há espaço para acumulação nem para objetos amontoados. Os mobiliários, separados por acrílicos, serão compartilhados e terão espaço apenas para o computador, na maioria laptops. Objetos pessoais, como bolsas e até material de escritório usado no dia a dia, ficarão armazenados em lockers (armários com cadeado), instalados em espaços distantes da área de trabalho...."


Abaixo importantes parâmetros a serem considerados:

  • Diminuição da ocupação do escritório.

  • Flexibilização dos horários de entrada e saída, o que colabora com a melhoria da mobilidade urbana.

  • A ventilação torna-se mais que necessária, para estimular a dispersão de agentes patógenos, o que em si acaba favorecendo a relação do homem com seu meio. Saem as artificialidades de ar-condicionado e iluminação, entram as condições naturais. Uma ótima oportunidade para se repensar a relação espaço externo - jardins - com o interno das empresas.

  • Salas de reuniões - além do espaçamento entre pessoas nos ambientes, alternativamente há a existência de muitos aplicativos de reuniões, como Zoom, Google Meet, entre outros. Portanto são favorecidas as videoconferências, tornando-se relativa a presença física entre as pessoas, que se dará em momentos mais estratégicos, para tomada de decisões conjuntas, arranjos de metas e afins.

  • Apostas na automatização para evitar toques - portas, banheiros com metais com acionamentos digitais ou com os pés, sensores de presença na iluminação, em alguns casos.

  • Novas rotinas de limpeza, inclusive intensificação das higienizações de ar-condicionado.

  • Disponibilização de EPIs, totens de álcool gel.

  • Tendência à diminuição de PCs e maior tendência aos notebooks.

  • Uso cada vez maior à tecnologia VOIP, com eliminação de aparelhos de telefonia fixos.


TEMA PROJETOS E OBRAS LTDA

(11)95328-3030 

temaprojetoseobras@gmail.com

© 2014 by T Comunics